Resultados

Impacto por morador por ano
(unidade)
Projeto Proposto              

 % de redução comparado ao Baseline

Potencial de Aquecimento Global
(kgCO2e)
1.38 e+317%
Depleção da Camada de Ozônio
(mgCFC-11)
4.21 e+122%
Acidificação da terra e fontes de água
(kgSO2e)
4.89 e+013%
Consumo de água
(kL)
8.06 e+139%

As principais melhorias de projeto que resultaram na redução de impacto foram otimização do processo construtivo, alta eficiência energética com projeto de conforto térmico passivo e iluminação natural, aquecimento de água com painéis solares, assim como eficiência hídrica e captação de água pluvial.

Premissas da ACV

A ACV do projeto Residência Henrique Cury e Luciana Daud foi produzida para atender integralmente os requisitos da norma europeia EN15978 incluindo todos os módulos de ciclo de vida (A1-A4, B1-B7, C1-C4 e D1-D5) e abordando o desempenho da edificação como um todo. Nota-se que o crédito LEED para ACV de Edificação é focado em produtos e materiais e não considera os impactos e benefícios associados a fase operacional (B6 energia e B7 água) ou as cargas e benefícios além da fronteira do sistema (módulo D).

Função Equivalente

O projeto Referência (Baseline) e o projeto Proposto possuem a mesma função (quantidade de ocupantes), a mesma área e orientação. A energia operacional foi otimizada no projeto proposto considerando as estratégias de melhoria descritas no crédito EAc1 – Desempenho Energético Aprimorado. Os resultados estão caracterizados por morador por ano. O total de 5 moradores foi considerado como premissa para este projeto seguindo o parâmetro do GBC Referencial Casa de acordo com o número de camas na residência.

Vida Útil

A ACV considera vida útil de 60 anos e permite que os impactos relacionados a manutenção, troca e uso operacional sejam considerados adequadamente.

Software e Inventário de ACV

O software utilizado para o estudo é o eToolLCD da empresa eTool. O eToolLCD atende as normas ISO 14044 e EN 15978 e produz resultados para os indicadores de impactos requeridos. A base de dados do software (inventário) é o Australasian V11 Life Cycle Strategies o qual atende a norma ISO14044. O método de caracterização dos indicadores de impacto é CML IA Baseline V4.5 (Institute of Environmental Science).

Impacto Incorporado e Impacto Operacional

A ACV integra as informações provenientes do projeto e créditos utilizados na certificação GBC Referencial Casa. O objetivo é incluir as melhorias de cada crédito (água, energia, gestão de resíduos, materiais, etc) e quantificar o desempenho do projeto como um todo. A ACV do projeto proposto inclui os impactos incorporados dos sistemas de captação de água da chuva, aquecimento de água solar e painel fotovoltaico. A redução do impacto operacional no consumo de água e energia compensam o impacto incorporado adicional, e ainda apresenta uma redução líquida no final da comparação entre o baseline e projeto proposto.

Principais objetivos da ACV

  • Quantificar as principais estratégias de melhoria implementadas no projeto e identificar a contribuição de cada uma no aumento de desempenho ambiental do projeto como um todo;
  • Criar dados de referência para ACV de residências no Brasil;
  • Criar um estudo de caso para promover o uso da metodologia no Brasil e na certificação 
GBC Referencial Casa;
  • Apresentar para o setor da construção que ACV é uma prática viável e amplamente 
utilizada internacionalmente para promover desenvolvimento sustentável.

Este estudo foi conduzido por Henrique Mendonça e certificado por Pat Hermon da eTool.