Posts

ACV de Edificação – Mais fácil e perto de você

Quantificar sustentabilidade ambiental foi o desafio que deu origem à empresa eTool. Desde 2010, os amigos e engenheiros australianos Richard e Alex desenvolvem o software eToolLCD para realizar cálculo de impacto ambiental na construção e promovem uso da metodologia Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) para garantir performance ambiental genuína nos projetos em que participam.

Desde então, a equipe da eTool cresceu e expandiu da Austrália para a Europa e agora também para as Américas. A empresa já completou mais de 200 análises de projetos residenciais, comerciais e de infraestrutura, prestando serviço de consultoria ou fornecendo solução de software para a equipe de projeto.

O software eToolLCD é totalmente web-based, atende às normas ISO 14044 e EN15978 (específica para ACV de edificação), possui atualmente mais de 1.500 usuários ao redor do mundo e pode ser utilizado para obter pontos na certificação Green Star, BREEAM, LEED, entre outras.

Eu trabalho com a eTool desde 2012, onde me especializei em Avaliação de Ciclo de Vida e fui líder da equipe responsável por conduzir os estudos técnicos e colaborar com a equipe de desenvolvimento de software. Depois de morar cinco anos na Austrália, voltei para o Brasil para dar continuidade ao trabalho que iniciei em 2014, mas agora em definitivo para desenvolver a eTool Américas. É um grande desafio e também uma realização pessoal e profissional trazer para o Brasil uma metodologia que ainda não é muito utilizada, mas tem um grande potencial para auxiliar equipes de projeto a reduzir o impacto ambiental das construções e também demonstrar viabilidade financeira por meio da Análise de Custo do Ciclo de Vida.

Somos uma empresa apaixonada em projetar melhor e garantir bem estar social e harmonia com o meio ambiente. Estou entusiasmado para trabalharmos juntos.

Redução do Impacto do Ciclo de Vida do Edifício – LEED (Portuguese)

Análise de Ciclo de Vida (ACV) é uma metodologia usada para avaliar os impactos ambientais associados a todas as etapas da vida de um produto ou serviço. É uma abordagem holística que engloba a extração dos materiais, processamento, fabricação, distribuição, uso, reparo, manutenção, descarte e reciclagem ao fim da vida útil. A ACV quantifica os impactos ambientais e compara a performance por meio da funcionalidade do produto ou serviço. A performance de um prédio comercial, por exemplo, pode ser avaliada por meio do impacto ambiental por m2 de área locável por ano (kgCO2/m2/ano). O estudo de ACV permite identificar as potenciais áreas para aumento de performance e redução de impacto ambiental, podendo também incluir recomendações de melhoria para a equipe de projeto. A ACV é regulada pelo padrão internacional ISO 14044 (e EN15978 especificamente para edificações) e a aplicação na área de construção civil é utilizada mundialmente para promover desenvolvimento sustentável.

Na certificação LEED, o objetivo do crédito Redução do Impacto do Ciclo de Vida do Edifício é otimizar o desempenho ambiental de produtos e materiais e permite obtenção de até três pontos. Apesar da metodologia permitir avaliar impactos relacionados a todo o ciclo de vida do projeto, este crédito LEED (opção 4) tem o foco apenas na estrutura e recinto do edifício, durante período de 60 anos. Ao comparar a performance do projeto proposto com o modelo de referência (Baseline), a equipe de projeto deve demonstrar redução de impacto de no mínimo 10% em pelo menos três categorias de impacto (por exemplo: aquecimento global, depleção da camada de ozônio e eutrofização).

A eTool, empresa Australiana especializada em avaliação do ciclo de vida de todo o edifício, desenvolveu o software eToolLCD que atende aos requisitos técnicos da norma ISO 14044 e pode ser utilizado na certificação LEED. A eTool iniciou operações em 2012, já completou mais de 300 análises internacionalmente e é pioneira no uso de ACV para certificação na Austrália (Green Star). Atualmente, está expandindo os serviços na Europa (BREEAM) e nas Américas. Os projetos LEED que utilizaram o software eToolLCD incluem: King Square 2 – Cundall (Austrália), Wildcat Building – Arup (Dinamarca) e ENOC Tower – AESG (Dubai).

“A única forma de garantir redução de impacto ambiental é quantificar a performance ao longo da vida útil do projeto e a metodologia de ACV foi desenvolvida para auxiliar na tomada de decisões. Este crédito LEED será muito importante para as equipes de projeto trabalharem de forma ainda mais integrada e o software eToolLCD facilita muito esta análise”, afirma Henrique Mendonça, engenheiro da eTool que está de volta ao Brasil depois de passar cinco anos na Austrália e se especializar na prática de ACV de toda a edificação.

Saiba mais sobre nossos projetos recentes aqui.

 

 

eTool Brings Whole of Building LCA to Brazil

Adding to the mix of a great and festive culture, strong and growing economy, and abundance in natural resources, Brazil will now have access to eTool services and eTool LCD software to conduct whole of building Life Cycle Analysis. This exciting announcement is part of eTool’s global collaboration in building design and is an opportunity to provide Life Cycle Analysis services to a nation that is not only in continuous and fast development, but can also act as a showcase to the world for sustainable development.

“LCA is a fundamental concept in designing for sustainability and I’m excited to help eTool develop new projects in Brazil. When I came to live in Australia, one of my main goals was to take something back that would enhance the quality of life for people and also guarantee development in balance with nature, and that’s exactly what eTool is about”, said Henrique Mendonça. Henrique has worked for over 2 year as a Life Cycle Engineer at eTool and is now the Business Development Facilitator for Brazil.

Brazil is the 7th largest economy with over 200 million people. Rapid economic development has pushed millions of people from a low socioeconomic status ,up to middle class, which has increased the demand for basic infrastructure such as electricity and transportation as well as the services desired for this higher income population. Brazil’s infrastructure by necessity is going through some major overhauls such as ports, airports, roads, railways and energy systems. Worldwide demand for natural resources and food push Brazil’s national contribution to global warming in an upward trend due to fossil fuel emissions as well as deforestation and land degradation.

Strained resources and the rising demand for development provide opportunities for product manufacturers, designers, consultants, builders and developers to embrace the concept of LCA as part of intelligent building design. Certification standards on building environmental performance such as LEED, AQUA, PROCEL EDIFICA, and others, all include LCA as part of the design process, which is further indicative of the global trend towards LCA as a standard methodology for good building design. Research and development is also moving forward with academic partnerships in Brazil working on developing local life cycle inventories, and looking at the design and use of supporting tools.

“I believe education is a major goal for the LCA industry in Brazil at the moment. In order to support that, eTool is creating local case studies and producing relevant content, providing technical support to designers though webinars and creating local partnerships to spread the concept of life cycle design. There is a lot of expertise in LCA developed by eTool in Australia that will be applicable to Brazil, as international standards that eTool comply with (ISO 14040 and EN 15978) are guiding the future of LCA worldwide”, says Henrique, after meeting with industry professionals during his visit in Brazil early this year.

‘Think global and act local’ is a well-known statement in our society, and eTool is proud to be on the journey towards not just thinking globally, but acting globally. Stay tuned as we continue to bring you news from the tropical lands of Brazil and our other global collaborations.

 

Expo GBC 2014Henrique with his parents at the GBCB Green Building Conference in Brazil.